Leia a Reflexão do Momento no final desta página.

O TEMPO (Mário Quintana)

 

O TEMPO

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. 
Quando se vê, já são seis horas! 
Quando de vê, já é sexta-feira! 
Quando se vê, já é natal... 
Quando se vê, já terminou o ano... 
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. 
Quando se vê passaram 50 anos! 
Agora é tarde demais para ser reprovado... 
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. 
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... 
Seguraria o amor que está à minha frente e diria que eu o amo... 
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. 
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz. 
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

(Mário Quintana)

Acesse também neste blog:
Estamos só de passagem   (provérbio aborígene)
Não deixe o Amor Passar   (Carlos Drummond de Andrade)
Dez Mandamentos Para ser Feliz  (Roberto Shinyashiki)
Fica Permitido...   (Othon Bastos, no final da novela "Além do Tempo") 
Tempo Certo   (Paulo Coelho)

Posts mais visitados recentemente